Antropocentrismo Apocalíptico – esse texto é só para os humanos

Muitos se sentem ofendidos quando afirmo que nós humanos temos comportamentos similares aos das pragas!

Dependendo do humor, digo até que SOMOS uma praga (risos).

Explico.

É que, por onde passamos, provocamos destruição do meio ambiente.

Aliás, sob este prisma, conseguimos ser ainda piores do que as pragas, pois, biologicamente falando, as pragas buscam apenas se alimentar e reproduzir (e existem outros elementos que NATURALMENTE controlam as pragas).

E quem é que controla os humanos?

Abro um pequeno “parêntese” para dizer que acredito que a maioria dos que estão lendo este texto cursaram, ao menos, o que hoje é considerado “Ensino Fundamental”. E, dentre outras, aprendemos, naquela etapa, noções básicas e gerais de ciências, história, português, matemática.

Tomando a liberdade de generalizar (e eu sei que existem exceções), o homem tem a DOENÇA de “achar que todo o Universo existe exclusivamente em sua função”.

Tem gente que se acha mais importante que o Sol…

E isso não é “privilégio” do homem moderno e engomado.

Há dezenas de milhares de anos (aprox. 70 mil), os humanos se espalharam, a partir da África, para o resto do Planeta.

Antes mesmo da Revolução Agrícola (há 12 mil anos) e da invenção da escrita e do dinheiro (há 5 mil anos), os homens da Idade da Pedra já haviam contribuído significativamente para a extinção (1) das demais espécies humanas (“neanderthalensis” e “floresiensis”); (2) de 90% dos animais de grande porte da Austrália; (3) de 75% dos grandes mamíferos da América; e (4) de 50% de todos os grandes mamíferos do mundo.

É óbvio que nossos ancestrais não tinham consciência de que, para se alimentarem, fazerem roupas etc., matavam mais exemplares do que a capacidade de procriação de tais animais.

Só que hoje temos plena consciência das consequências de nossos atos. Entretanto, o desenvolvimento econômico e tecnológico é uma DROGA VICIANTE e extremamente LETAL.

Neste ponto, colaciono as palavras do professor de Direito Ambiental Frederico Amado:

“Com efeito, embora queira, felizmente o homem não tem o poder de editar as regras da natureza, contudo tem o dever de respeitá-las, sob pena de o meio ambiente ser compelido a promover a extinção da raça humana como instrumento de LEGÍTIMA DEFESA NATURAL, pois é inegável que o BICHO-HOMEM é parte do todo natural, mas o EGOÍSMO HUMANO (visão antropocêntrica pura) cria propositadamente uma MIOPIA TRANSINDIVIDUAL, em que poucos possuem lentes para superá-la.

É preciso compreender que o crescimento econômico não poderá ser ilimitado, pois depende diretamente da disponibilidade dos recursos ambientais naturais, que são limitados, já podendo, inclusive, ter ultrapassado os lindes globais da sustentabilidade.”

Continuando, não é necessário muito esforço intelectivo para enxergar que a CRENÇA de que somos superiores à fauna e à flora (quiçá ao Universo) é o elemento central da ordem legal-política-econômica global.

E mais.

O expansionismo e o consumismo desenfreados já nos impulsionam para partirmos da Terra em busca de novos meios ambientes exploráveis.

Para isso, precisaremos ACABAR DE VEZ com o meio ambiente do Planeta em que vivemos, com o fim de desenvolvermos condições para as futuras JORNADAS: Naves Espaciais que não explodam – porque ainda explodem – e incontáveis tecnologias vinculadas.

É, meus caros… Só que quando chegar o momento de partir (se é que chegará), aqui, na INABITÁVEL Terra, será deixada para trás a IMENSA MULTIDÃO de humanos desprovidos de condições financeiras para tamanho investimento (“morar no exterior”), e partirão, levantando poeira, somente os VERDADEIROS DONOS DO MUNDO.

Brasília, 20 de setembro de 2021.

Ricardo Starling

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s